Saturday, September 22, 2018

Núvem de palavras libertárias


A vantagem de idiomas semelhantes é que deu para gerar uma núvem de palavras do programa do Partido Libertário dos EUA, traduzido em português, usando uma ferramenta para a língua espanhola. Deu isso aqui quando retirei os "que".



Não dei conta de controlar as cores, que saíram menos chocantes na versão em inglês onde esse controle é automático e mais variável. 
Mesmo assim, num apanhado dá para divisar o que esse partido do século 20 acha importante. O partido Libertário, organizado em 1971, procura defender os direitos individuais da pessoa humana sem lançar mão da agressão. É absolutamente contrário à chamada "direita" do fascismo místico, pois defende os direitos individuais da mulher e não quer matar ninguém por causa de folhas de plantas--muito menos mandar soldado matar gente no outro lado do planeta. 

O programa Libertário também dispensa os anarquistas assassinos e comunistas saqueadores da chamada "esquerda"--habitantes daquele mesmo universo de uma só linha horizontal que a esquerdireita usa como prisma da realidade. Compare aqui as núvens geradas pelas 71 mil palavras contidas nas plataformas dos Republicanos e Democratas da EsquerDireita americana. O programa libertário contém apenas 2700 palavras--8 folhas.

A evolução geométrica do pensamento político vai do ponto ciclópico (monarquia), para a linha reta (cleptocracia de uma dimensão só), até a área plana do Século 20, onde duas variáveis conseguem operar para representar com nitidez as alternativas que aparecem no mundo real. 

A liberdade é divisível?
Os totalitários altruístas, religiosos ou não, encaram a liberdade como inimiga indivisível do bem, isto é, inimiga do poder coercitivo to Estado Político. Na Alemanha de 1933 havia "esquerda" comunista e "direita" fascista como hoje. Só que o Líder deu a razão a ambos. Não bastava o controle deontológico exercido pelo misticismo religioso, nem o controle econômico almejado pela corrente do confisco comunista. O controle havia de ser total e de mão firme! 

Logo examinaremos o programa totalitário do partido nacionalsocialista para averiguar se aquilo se mede melhor com uma ou duas variáveis. Será que existe apenas uma linha horizontal, sem significado ou interpretação que remete ao mundo real? Qual seria a definição e o propósito do Estado Político?

Necessitando da ajuda de tradutores orwellianos que sabem resumir, procure pela Speakwrite ou Falascreve.com
Blog em inglês: Oiltranslator.com

Wednesday, September 19, 2018

Todo anarquista é comunista

Ao descobrir o Partido Libertário, o que mais surpreendeu foi a revoada de anarquistas na periferia da organização. Estes raramente se cadastravam como sócios, e contribuir com dinheiro, isso nem pensar! O efeito que criam é semelhante ao de uma nuvem de moscas... justamente o efeito pretendido! 




Afinal, anarquista não é novidade. Pesquisando a palavra no Google News Archive qualquer um encontra centenas de artigos nos jornais de vários países acerca desses brutos. Esse de 1894, após um pequeno partido comunista conquistar 9% do voto nas eleições americanas, disparou uma pistola contra o premier da Itália. Dali a poucos dias, um fanático correligionário matou o presidente francês, Carnot

Cumpre observar que nenhum disparou em duelo, mas covardemente, de emboscada, contra vítima desarmada. Tamanha a incompetência dessa laia que o agressor de Crispi errou dois tiros e foi desarmado e capturado pela pretendida vítima! Só escapou da forca por implorar pela pena de morte! Ninguém queria lhe dar essa satisfação.



Nos EUA os presidentes Garfield e McKinley foram mortos por criaturas que um segundo antes de puxarem o gatilho eram reles comuno-socialistas. Nos dois casos, um segundo após o fato ocorreu a transformação milagrosa, e todo socialista e comunista juraria que esse assassino nunca foi "realmente" comunista. Os americanos da época entenderam muito bem os "anarquistas", e enforcaram os dois e outros tantos da mesma hoste de loucos perigosos. 

Enfim, o compromisso contra a agressão é o que define todo membro do partido libertário. Essa premissa é dividida por zero pelos anarquistas a título de "prova" que esses comunistas violentos seriam os "verdadeiros" libertários. Pode isso? 

Nós libertários defendemos a existência de um governo constitucional cujo poder letal se destina à defesa dos direitos individuais de cada pessoa humana contra a fraude, assaltos e agressão. Os anarquistas são contra esse impecilho às atividades de salteadores e assassinos. O fato de que alguns partidos aproveitam para corromper este poder aplicando a ética dos saqueadores é mais motivo ainda para afastarmos os impostores. 

Afinal, com "amigos", anarquistas, a liberdade precisa mesmo de inimigos?

Para traduções orwellianas, certified ou juramentadas, procure pela Speakwrite.
Blog tradutorlibertário em inglês

Sunday, September 16, 2018

Como votar no exterior


Temos aí um bom motivo para votar no Partido Libertário. Só os EUA cobram IR no exterior. O IR foi copiado da proposta 2 no Manifesto Comunista publicado em alemão e inglês na Inglaterra. Apenas o Partido Libertário oferece abolir esse imposto. O cidadão que reside fora dos EUA pode votar nas próximas eleições, só que o prazo é mais ou menos um mês antes da votação nas urnas em novembro.

Quem foi eleitor num Estado deve seguir as regras daquele estado. O Programa Federal de Assistência à Votação (FVAP) oferece recursos online, como cadastro e cédula. 

Existe também uma Associação de Americanos Residentes no Exterior (AARO) que divulga informações sobre as leis e outros fatos relevantes. Mas por quê votar libertário?


Estados que colocam o candidato libertário nas cédulas.

Quem não é hipnotizado pelo programa eleitoral subsidiado pela lei do Richard Nixon poderá entender como o voto libertário tem muito mais impacto. Em 1972 menos de 4000 votos libertários ajudaram o Supremo a decidir a favor dos direitos individuais das mulheres. Ninguém nos EUA ou Canadá pode ameaçar médicos para coagir uma mulher sobre escolhas reprodutivas. Cada voto desses teve dez mil vezes o impacto legiferante de um voto desperdiçado na kleptocracia. O impacto mínimo absoluto do voto ao pequeno partido crescente equivale a 6 votos desperdiçados, sendo a média algo em torno de 21x, isso porquê a nossa mensagem é relevante, clara e diferente. O Libertarian Party rejeita a coação como solução. Leia o nosso programa


Número de votos conquistados pelo Partido Libertário nas eleições não-presidenciais

O político cleptocrata eleito por margem menor que o total ganho pelo nosso candidato tende a revogar ou enfraquecer as leis que procuramos derrubar. Afinal, ele não quer perder o emprego! Estamos aumentando nossa fatia da votação enquanto os partidos da antiga cleptocracia perdem aderentes. A curva de substituição nos favorece. Nossos atuais 800 candidatos representam um aumento de 35% desde 2016! Eis como andamos na curva Fisher-Pry de substituição: 



O seu voto pelo partido libertário multiplica a pressão contra os impostos, contra o projeto do Muro de Berlim e a favor dos direitos individuais da pessoa humana incoacta. Não perca essa oportunidade de mudar as leis que os EUA exportam para países vizinhos. Wuem tem visto de permanência não pode votar, mas pode doar uns trocados para o partido mais eficiente nessa questão de derrubar leis nocivas.

Um serviço público da Speakwrite, traduções orwellianas entre inglês e português
Veja também meu blog libertário




Thursday, September 13, 2018

A Greve dos Eleitores: vote nulo!

O Partido Libertário grangeou 4 milhões de votos--bem mais do que a diferença entre os saqueadores

Adam Smith defendia o mercantilismo de sobretaxas baixas que os sequazes do Karl Marx chamaram de "capitalismo". Afinal, ali a definição depende apenas da presença de ouro não radioativo e não de complicadas noções quanto aos direitos da pessoa humana. Qualquer ditador rico é chamado de "capitalista". Invade-se um continente, aniquilando os autóctones e instala-se ali uma colônia que importa produtos acabados e exporta matérias primas--tudo a preços determinados pelo poder divino de Deus em aliança com o rei da Metrópole. 



Nos anos 20 os mercantilistas ostentavam "capitalista" como orgulhoso geuzenaam. A Russia era dominada pelo culto da plebe ignara e a China continuava sendo explorada pelos europeus com armas e drogas mais modernas do que as de 1837. Os mercantilistas místicos se aliavam em ramalhetes amarrados sob nome de fascismo: el socialismo de Dios del caudillo de Dios! Já os saqueadores laicos se declararam comunistas. 

Após a inevitável guerra dessas duas hostes do altruísmo armado vieram os enforcamentos. O crime de guerra, a agressão, era para os franceses um mistério subjetivo. Se alemão o fez, foi agressão. Já comportamento idêntico pelos altruístas místicos que assaltavam o povo francês, algeriano, senegalês, mauritano, sudanês, da Côte d'ivoire e Cochin-china era simples imposto, sobretaxa, dízimo marxista e "direito" aduaneiro. Apenas uma pessoa entendia com clareza o que ocorria durante os julgamentos e enforcamentos dos criminosos da hecatombe nacionalsocialista: Ayn Rand




Seguindo o modelo do filme A Greve de outro russo de ascendência judáica, Sergei Mikhailovich Eisenstein, Ayn Rand se debruçou sobre "A Greve" da sua própria autoria. Enquanto compunha o Capítulo VII, escreveu numa carta em 1947 para sua amiga Linda Lynneberg que


“O individualismo sustenta que a pessoa humana possui direitos inalienáveis que não lhe podem ser tomados por outro, tampouco por nenhum outro número, grupo ou coletividade de pessoas. Logo, cada qual existe por direito próprio, e pelo seu próprio bem – e não pelo bem do grupo."


E ainda acrescentou


"Para uma definição prática, se os homens simplesmente concordarem que nenhum homem ou número de pessoas possui o direito de iniciar o uso da força contra algum ser humano (e isto inclui o confisco de seus bens) – que eles não têm esse direito para qualquer que seja a finalidade, não importando a ocasião – seria tudo o que necessitamos, pois isto atingiria uma perfeita utopia na terra, e incluiria toda a moral e ética que necessitamos.”

A Greve foi publicada como A Revolta de Atlas (Atlas Shrugged) e nela os produtores entram em greve para derrubar a ditadura saqueadora que escravizava o país. Esta idéia plantou a semente da greve dos eleitores na mente de David Nolan e seus colaboradores, resultando no estabelecimento do Partido Libertário como alternativa à ditadura fascista do Richard Nixon. Nixon foi deposto por ameaça de impedimento pouco depois. 


Nixon com o ditador Ceaucescu da Romênia comunista: contra as mulheres

O resultado prático na primeira eleição com participação do Partido Libertário foi que o Supremo americano copiou a proposta libertária para derrubar as leis sulistas que coagiam mulheres grávidas e médicos. Deu-se uma reação em cadeia e o governo canadense logo derrubou completamente todas essas leis. Face a essa elevação do novo partido laissez-faire com compasso moral indiscutível, as ditaduras comunistas do Velho Mundo ruíram em menos de duas décadas. 

As ditaduras obscurantistas que hoje sobrevivem usam o poder judiciário para invalidar nas eleições os candidatos e programas de partidos libertários. Desse arremedo de democracia resultou a greve dos eleitores que, insatisfeitos com os saqueadores da EsquerDireita linear, expressam o voto libertário na forma de votos nulos e em branco. O voto nulo é dado ao número de partido excluído, como "00" e o voto em branco apertando o botão BRANCO.  

Esses votos, vale dizer, são os votos dados ao partido libertário no degredo imposto pelas ideologias da agressão. Aqui são os votos da maioria! Mas quem ganha são as antigas correntes ideológicas que sobreviveram os julgamentos e enforcamentos dos agressores altruístas em Nuremberg e no Japão--julgados enquanto Ayn Rand escrevia A Revolta de Atlas

Para ser grevista da Revolta de Atlas basta votar não aos partidos saqueadores e seu afã de agressão contra os direitos individuais da pessoa humana. Para tanto não há necessidade de violência ou risco de vida. Basta se valer da única opção que resta ao eleitor coagido e votar em branco/nulo pelo partido libertário para invalidar as algemas da coação. Todos entenderão perfeitamente que subsidiar 16 partidos fascistas e mais 16 partidos comunistas não é escolha, que dirá democracia.

Essa opinião é baseada nas observações do Tradutoramericano
Meu outro blog é mais em inglês.

Monday, September 10, 2018

Evasão de cérebros



Na inglaterra socialista quem tinha condições fugia dos seus concidadãos para qualquer outro lugar--desde que não fosse um antro de sanguessugas saqueadores. 

Os Beatles e 007 eram as únicas coisas de valor que restavam da Inglaterra. Na época havia apenas duas correntes, ambas altruístas. Os cretinos apoiavam o proibicionismo místico e os energúmenos o coletivismo saqueador. Ente pensante não tinha no que votar, logo, o negócio era fugir.  



Ainda bem que nada disso ocorre nos países que oferecem a possibilidade de se votar num Partido Libertário

Precisando de traduções para fins de emigração ou evasão cerebral, consulte...






Thursday, September 6, 2018

Incêndio na Biblioteca da Romênia comunista



Pouco antes do apresamento, julgamento e execução do ditador comunista Ceausescu--aquele que em 1966 proibiu toda forma de controle de natalidade na Romênia--foi destruída a biblioteca nacional. 



Quem apoiava esse facínora no poder? Ora, o Partido Republicano dos EUA! No governo Grant a lei Comstock de 1873 proibia todo o controle de natalidade e censurava todas as informações a respeito desse assunto. Um ano após o crime de Ceausescu--de importar tais leis americanas para a Romênia--o Reino Unido, inclusive o Canadá, liberalizou (um pouco) os direitos individuais da mulher em 1967 com a Lei do Aborto daquele ano. 

Qual foi a reação do Partido Republicano? Ceausescu foi idolatrado como o "bom comunista" nos EUA. Nixon logo imitou a visita do ditador à ditadura chinesa!



Los tres amigos contra as mulheres

O resultado disso? Primeiro destruíram a Biblioteca Nacional, e em seguida, o ditador Ceausescu e sua versão de sósia de Evita foram julgados e fuzilados em 1989. Acabou-se a ditadura. Hoje vigora o Partido Libertário da Romênia.





Necessitando de traduções jurídicas, históricas ou financeiras, visite
O blog americano é: www.oiltranslator.com




Sunday, September 2, 2018

Arlo Guthrie... republicano?!

Sempre fui fã do Arlo, filho de Woodie Guthrie (ídolo da corrente saqueadora). E sei que todo filho gosta de se mostrar independente do pai apoiando algum partido contrário. 

Woody tinha no violão um adesivo: "Esta máquina MATA FASCISTAS!" Mas o gajo defendia quase o mesmo altruísmo e coletivismo que seus inimigos apregoavam. Cada hoste contrária dizia que a outra "não é realmente" fascista, comunista, sindicalista, católica, protestante, coletivista, petista, altruísta, mercantilista ou que quer que fossem. Na época havia apenas as duas hostes: o mercantilismo místico e o socialismo laico, presos numa só cleptocracia de economia mista. Libertário só existe desde 1971, no Século XX.

Arlo é mais da ala festiva, apresentador no festival de Woodstock e outras manifestações da juventude libertária da época. Eis a músiquinha Deportee que Arlo Guthrie fez em defesa dos "braceros" mexicanos importados para colheitas sempre que os cristãos socialistas mandavam a juventude americana às suas guerras longínquas como oferendas em sacrifício. 



Imagine a minha surpresa ao descobrir uma declaração desse artista americano em apoio ao partido republicano! Para não atirar a primeira pedra devo confessar pecado similar. Vi retrato do Reagan na capa da revista Reason sem entender que era deboche. Votei não nele mas sim contra as armas da União Soviética. Até no Carter votei, isso na época em que o Partido Libertário era segredo de estado, jamais mencionado na mídia saqueadora. Mas Arlo, republicano?! Essa entala na garganta... Jerry Garcia por ser individualista rejeitou a falsa dicotomia do menor dos dois males. Mas, sem saber do Partido Libertário, optou por nunca mais votar. 

O Partido Libertário procura eliminar a agressão das atividades do Estado Político, mecanismo que deve se dedicar à defesa dos direitos individuais. 

Necessitando de traduções de documentos para participar da evasão cerebral para os países detentores de partidos libertários, fale conosco