sábado, 22 de setembro de 2018

Núvem de palavras libertárias


A vantagem de idiomas semelhantes é que deu para gerar uma núvem de palavras do programa do Partido Libertário dos EUA, traduzido em português, usando uma ferramenta para a língua espanhola. Deu isso aqui quando retirei os "que".



Não dei conta de controlar as cores, que saíram menos chocantes na versão em inglês onde esse controle é automático e mais variável. 
Mesmo assim, num apanhado dá para divisar o que esse partido do século 20 acha importante. O partido Libertário, organizado em 1971, procura defender os direitos individuais da pessoa humana sem lançar mão da agressão. É absolutamente contrário à chamada "direita" do fascismo místico, pois defende os direitos individuais da mulher e não quer matar ninguém por causa de folhas de plantas--muito menos mandar soldado matar gente no outro lado do planeta. 

O programa Libertário também dispensa os anarquistas assassinos e comunistas saqueadores da chamada "esquerda"--habitantes daquele mesmo universo de uma só linha horizontal que a esquerdireita usa como prisma da realidade. Compare aqui as núvens geradas pelas 71 mil palavras contidas nas plataformas dos Republicanos e Democratas da EsquerDireita americana. O programa libertário contém apenas 2700 palavras--8 folhas.

A evolução geométrica do pensamento político vai do ponto ciclópico (monarquia), para a linha reta (cleptocracia de uma dimensão só), até a área plana do Século 20, onde duas variáveis conseguem operar para representar com nitidez as alternativas que aparecem no mundo real. 

A liberdade é divisível?
Os totalitários altruístas, religiosos ou não, encaram a liberdade como inimiga indivisível do bem, isto é, inimiga do poder coercitivo to Estado Político. Na Alemanha de 1933 havia "esquerda" comunista e "direita" fascista como hoje. Só que o Líder deu a razão a ambos. Não bastava o controle deontológico exercido pelo misticismo religioso, nem o controle econômico almejado pela corrente do confisco comunista. O controle havia de ser total e de mão firme! 

Logo examinaremos o programa totalitário do partido nacionalsocialista para averiguar se aquilo se mede melhor com uma ou duas variáveis. Será que existe apenas uma linha horizontal, sem significado ou interpretação que remete ao mundo real? Qual seria a definição e o propósito do Estado Político?

Necessitando da ajuda de tradutores orwellianos que sabem resumir, procure pela Speakwrite ou Falascreve.com
Blog em inglês: Oiltranslator.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário