Friday, July 27, 2018

Cleptocracia nada libertária

Desenho do Adão, criador de Aline

Em resposta a uma crítica de energúmeno, Maurício Ricardo respondeu:
--Que lado! Vocês querem dividir o Brasil em "esquerda" versus "direita". Eu prefiro "bandidos e coniventes" versus "bem intencionados e honestos".

"Whose side are you on?" é uma expressão armadilha-de-otário. Embrulhado nesse pacote é a mensagem que o que importa é o armador de armadilhas e não a idéia ou o princípio ético. Todos nós já caímos nessa armadilha que exclui de cogitação qualquer terceira alternativa.

Numa cleptocracia em que os otários são forçados a fingir que possuem o direito de escolher com o voto. Na realidade são obrigados como escravos no eito a não apenas votar como também fingir que as eleições não foram armadas por saqueadores australianos e corrompidos pelos nacionalsocialistas do partido do Richard Nixon.

Afinal, você é forçado a votar afirmando apoio por bandidos organizados em 32 ou 33 partidos nacionalsocialistas 99% idênticos. Todos seus sequazes acreditam na coação--jamais na sua livre e espontânea vontade. No quadro abaixo, esses partidos cabem na caixa inferior do desenho. Não cogitam nada senão o aumento paulatino da coação na economia e na carne da pessoa física.



Robert Heinlein observou: Às vezes eu acho que as boas intenções deveriam ser crime capital. "I sometimes think good intentions should be a capital crime." (Time for the Stars, 1956) O leitor com certeza já percebeu que o dizer foi publicado um ano antes de Ayn Rand questionar a definção de "bem intencionado" em termos éticos. Bob Heinlein já era fã da Ayn Rand nos anos 40, antes de virar moda. 


Em português, Cântico, en español, Himno
O bem, segundo a ética biológica da natureza e confirmada pela análise do comportamento dos genes, acha lastro na sua vida e felicidade--e não no sacrifício ou morte valorizados pelo altruísmo. 

Necessita de traduções de leis? Documentos? Livros políticos ou econômicos?
Prefere inglês