terça-feira, 14 de maio de 2019

O que é o Fascismo?

Leia no jornal original...

Esse jornal canadense não censurou os fatos. Aliás, canadense até entende o sentido correto da palavra liberal.  Prova disso é esse relato do jornal de Calgary. Só não entende o que é o fascismo quem não quer entender. Eis a tradução do relatado


Mussolini apresenta projeto de ensino intensivo de religião para jovens da Itália - ROMA, 30 de abril - O ensino intensivo de religião nas escolas italianas é contemplado em um novo projeto de lei apresentado ao parlamento fascista por Mussolini, como consequência do tratado recentemente concluído com o Vaticano.
A juventude italiana no futuro, nas palavras do Ministro da Educação, Signor Belluzzo, “será permeada, ou melhor, fortificada, pelos elevados conteúdos espirituais da religião católica romana e seu caráter sagrado de um culto com a tradição de dois mil anos. "
Isso deixa claro que a extensão da instrução religiosa nas escolas públicas, particularmente desejada pelo Vaticano, será levada a cabo ao pé da letra e o governo já circularizou professores pedindo que façam tudo o que estiver ao seu alcance para formar uma nova geração na Itália que será "cristão em pensamento, sentimento e ação".
Os professores são ordenados a colaborar com o clero para esse fim.
www.braziliantranslated.com


Este servo que vos fala nem quer comentar no referido senão para explicitar que escolas públicas é eufemismo totalitário para escolas do governo. Políticos escolhem os professores, arrancam verba do couro de quem trabalha e nomeiam quem determinará o currículo. Nos EUA não há melhor maneira de fazer cair a mascara dos coletivistas do que usar este termo objetivamente exato. Ambos os partidos subsidiados pela lei anti-libertária de Richard Nixon preferem falar das "escolas públicas". Surgem controvérsias quanto ao teor da lavagem cerebral a ser aplicada. Mas concordam que esse teor não será individualista, e nem um pouco objetivista.
Blog em inglês também... E precisando de documentos traduzidos por conhecido intérprete dos tribunais da imigração, basta procurar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário