quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Misticismo apocalíptico invade a NASA



Leia o artigo original sobre medição da temperatura
George "Waffen" Bush adicionou à Casa Branca uma burocracia da fé. Já havia na época tal infiltração na NASA (que antes mandava homens à Lua). Resultou uma aceleração da fraude de alteração das temperaturas PASSADAS para que o presente, por comparação, pareceria ter esquentado. E nem precisava de ter exagerado muito. Houve sim, aquecimento exagerado entre 1930 e 1945, seguido de esfriamento global--tanto que o Zé do Apocalipse no Washington Post previa uma Idade do Gelo em 1971 que estaria por chegar hoje se não fosse lorota e superstição. 

Veja no blog sobre mudança climática
Qualquer um inventa ou altera registros de temperatura. Difícil é mudar as temperaturas publicadas nos jornais do último século e mais difícil ainda disfarçar o aumento da neve. No Hemisfério Norte onde 8/9 da humanidade vive (com todos os seus gases industriais) a neve aumenta a cada outono e inverno. Veja esse gráfico em milhões de quilômetros quadrados de neve. 

Veja a fonte no artigo original

Há mistério então? A credibilidade da ciência subsidiada por políticos saqueadores chegou ao ponto de que tem gente que até duvida que os astronautas andaram na lua em 1969. O pior é que as superstições predadoras que servem de arma em briga de gente grande dão maus exemplos aos chinfrins armadores de golpes, roubalheira e ditaduras de Juntas nas repúblicas subdesenvolvidas. Aliás, são subdesenvolvidas justamente por causa das superstições veiculadas pelos cleptocratas.

Num desses países vitimados pela crendice em besteiraprêmio Inocente Útil vai para Bruno Blecher, jornalista da Globo. Enquanto as ruas de Paris enchem de viaturas em brasa, graças à reprise do entreguismo do governo francês frente ao nacional socialismo ecológico da Alemanha, diz Blecher que Bolsonaro "demonstrou bom senso ao voltar atrás da proposta maluca de retirada do Brasil do Acordo de Paris." Isso é elevar a superstição anti-científica a patamares jamais sonhados, nem mesmo por João de Deus. O místico safado quis apenas trepar--mas os econazistas querem bilhões em impostos sobre o ar que respiramos.


França entregue ao nacionalsocialismo

Não quero sugerir que o econazismo e o comunismo são exatamente a mesma coisa. Nos regimes comunistas o governo é deus. Já, nas ditaduras fascistas, deus é o governo

Eu só voto no partido Libertário, que é contra os impostos e a favor da liberalização da indústria--de forma a possibilitar a instalação de colônias na Lua. 







Necessita de traduções técnicas feitas por tradutores difíceis de se enganar?
Visite o meu blog americano.