terça-feira, 30 de outubro de 2018

Asilo nos EUA?

Voto contra esse partido, e contra o outro que quer proibir a energia elétrica e cobrar dízimos para os saqueadores do apocalipse. Mas o Executivo tá lá cobrando as leis do congresso democrata e republicano. 

Sempre me impressionou o número de despreparados que imaginam que vão se dar bem entrando de penetra nos Assustados Unidos depois dos atentados muçulmanos. 

É claro que são pegos. Só então descobrem que o simples fato de estar presente nos EUA sem visto é motivo para deportação--como no Brasil, Argentina... quase todo lugar. O fato de não ter sido fiscalizado também incorre na mesma expulsão. Aí o pessoal nas gaiolas começa a ouvir lorotas sobre dar uma de Assange e conseguir asilo. Arrã... 

Presenciei muitas dessas decepções. Dos milhares de causas, vi sucesso nisso talvez duas ou três vezes. Para entender por que, bastaria ler o formulário de pedido de asilo--doze folhas de juridiquês burocrático. A grande maioria dos que pedem o formulário acaba entendendo que aquilo não vai adiantar. Nem preenchem. O formulário só existe lá em inglês, mas para o bom entendedor um parágrafo basta. 


Parte B. Informações sobre o seu pedido
(OBS: Utilize o Complemento B do Formulário I-589 ou folhas adicionais se precisar para completar as suas respostas às perguntas contidas na Parte  B).
Ao responder às seguintes perguntas sobre o seu pedido de asilo ou de outra proteção (suspensão da deportação nos termos da seção 241 (b)(3) da Lei de Imigração e Nacionalidade, ou de suspensão nos termos da Convenção contra a tortura), você deve providenciar um relato detalhado e pormenorizado da base que fundamenta o seu pedido de asilo ou de outra proteção. Faça o melhor que puder para dar datas específicas, locais e descrições de cada evento ou dos atos descritos. Você deve anexar documentos que evidenciem as condições gerais do país do qual você quer pleitear o asilo ou outra proteção, bem como os fatos específicos que servirão de base para fundamentar este seu pedido. Se tal documentação não lhe estiver disponível ou você não a incluir com o seu pedido, explique por que nas suas respostas às perguntas que seguem abaixo.
Veja instruções, Parte 1: Instruções para protocolar, Seção II, “Base da elegibilidade”, Partes A a D, Seção V, “Preenchendo o formulário”, Parte B, e Seção VII, “Provas adicionais que cumpre você fornecer”, para maiores informações sobre como completar esta seção do formulário.
·     Por que motivo você está pedindo asilo ou suspensão da deportação nos termos da seção 241 (b)(3) da Lei de Imigração e Nacionalidade, ou pleiteando suspensão da deportação nos termos da Convenção contra a tortura? Marque a(s) caixa(s) apropriada(s) abaixo e responda detalhadamente às perguntas A e B abaixo.
Procuro asilo ou suspensão da deportação com base em:
Raça
Opinião política
Religião
O fato de ser membro de grupo social específico
Nacionalidade
Convenção anti-tortura
A. Alguma vez no passado, alguém já sujeitou você, sua família, colegas ou amigos chegados, a agressões, ameaças ou maus tratos?

-->
 Sim                                      Não
...
Isso é o que aparece depois de 4 folhas de grades de informações pessoais. A coisa é específica, e todo juiz e procurador da migra já ouviu milhares de cascatas e versões desencontradas sem um folheto sequer de fundamentação tipo provas verificáveis. E tudo--boletins, atestados--tem que ser apresentado em inglês

Grande parte disso parece que nem chega na frente de juiz, pois existem agentes que entrevistam os presos para identificar os casos raros que, no parecer deles, teriam chance de ter ganho de causa. É possível que um ou outro agente aja de má fé, mas a maioria simplesmente entende que a coisa não vai colar, e acaba não colando mesmo. 

A alternativa que não a deportação que mais vale a pena parece ser a retirada voluntária, onde o réu paga a sua própria passagem de volta. Não ter ficha de deportado pelo menos deixa intacta a possibilidade de um dia conseguir um visto e entrar legalmente. Quem é deportado tem que esperar dez anos antes de ter condições de tirar visto. E se aborrecer, voltando repetidas vezes, pode resultar pena de reclusão, ficha de delinquente e exclusão vitalícia. 

Não estou oferecendo conselhos jurídicos, mas apenas relatando o que cansei de ver acontecer. O partido libertário necessita de votos para assustar os políticos da cleptocracia. Para não perder para os concorrentes eles revogam as leis que nos ofendem. Basta votar pelos candidatos libertários ou contribuir para que a cleptocracia apague as leis mais nocivas, em vez de piorá-las como neste vídeo: 



Precisando de tradutores com bastante tempo de casa nesse ramo de vistos e documentação juramentada e certified, saiba que atendemos no Texas e no Paraná com colaboradores na Califórnia e em Ohio. Cada orçamento é específico e competitivo, dependendo sobretudo da complexidade da formatação na imagem (no daso de pdf). Concorrentes ligam fingindo ser cliente, achando que eu vou orçar os projetos deles. Isso não funciona
Meu blog em inglês é Libertariantranslator